Consumidor

GOLPE DO WHATSAPP

Imagem golpe do whatsapp

Atualmente, cada vez mais pessoas são vítimas do chamado “golpe do whatsapp”, que tem prejudicado a imagem dos titulares das contas, bem como o bolso de seus amigos e conhecidos.

Como funciona o golpe do whatasapp

A princípio, o golpe do whatsapp tem como base a instalação da conta de whatsapp da vítima no celular do criminoso, permitindo acesso aos contatos do usuário.

Para tanto, os criminosos entram em contato com a vítima e utilizam-se de poderosa lábia para enganá-la. Por exemplo, inventam propostas de negócios, premiações, confirmam inscrições em supostos eventos…

Também é muito comum que criminosos obtenham o telefone das vítimas em anúncios de sites de vendas. Assim, entram em contato com elas alegando serem representantes desses sites de venda (OLX, Mercado Livre, Webmotors etc).

Em meio a tantas histórias, as vítimas acabam informando aos criminosos um suposto “código de confirmação” recebido via sms. Pronto!

Na verdade, trata-se do código de segurança do Whatsapp, informado pelo aplicativo para instalar a conta no aparelho do criminoso.

Com isso, os criminosos se passam pela vítima e pedem dinheiro emprestado a amigos e familiares que, por sua vez, acabam transferindo valores para a conta bancária informada. O estrago está feito!

Como evitar o golpe de whatsapp

Para evitar o golpe é necessário seguir algumas recomendações:

O que fazer se for vítima do golpe do whatsapp

Primeiramente, recomendamos que o titular da conta informe seus amigos e familiares que seu Whatsapp foi clonado. Esse aviso pode ser feito por telefone e postado nas redes sociais.

Simultaneamente, recomendamos que o titular tente reinstalar o número de whatsapp inúmeras vezes em seu celular, a fim de obter a conta de volta ou bloqueá-la tendo em vista as inúmeras tentativas infrutíferas.

Ainda, se não conseguir recuperar sua conta rapidamente, recomendamos que o titular informe o aplicativo da clonagem da conta, através desse link.

Caso alguma pessoa transfira dinheiro para os criminosos, recomendamos que essa pessoa entre em contato com o banco da conta de destino e com o banco da conta, para informar do gole e tentar recuperar o dinheiro.

Registre tudo! Salve prints dos avisos, das transferências e de todos os contatos. Ainda, faça um boletim de ocorrência.

Por fim, caso não tenha conseguido solucionar a questão amigavelmente, ainda é possível tentar a via judicial.

Algumas decisões tem condenado as empresas responsáveis a restituir os valores transferidos, bem como em indenizações por danos morais pelos prejuízos causados. Confirma mais nesse link.